sexta-feira, 1 de julho de 2016

Pássaros Silvestres - Guia com informações a respeito desses pássaros.

Tudo o que você precisa saber sobre os pássaros do Brasil e do mundo.

Pássaros Silvestres

Trinca-ferro,  bicudo, coleiro e curió são os mais conhecidos pássaros silvestres. São a paixão dos criadores brasileiros, e foram a inspiração da criação desse website. É possível criar um pássaro silvestre dentro da lei, para isso existe o Sispass. Desde que tenha a licença, e os pássaros estejam devidamente anilhados, não existe problema algum na criação.

Este controle rigoroso é necessário, pois os pássaros silvestres (pássaros brasileiros nativos) sofrem muito com a intervenção humana (caça, desmatamento, etc.), por isso, todo cuidado é pouco. Um vacilo, e toda uma espécie pode simplesmente sumir do mapa.

Os criadores de pássaros silvestres tem um grande papel na solução desse problema, pois se cada um fizer a sua parte, todo o ecossistema agradece. Grande parte da preservação de certas espécies, é possível graças a criação em cativeiro, pois querendo ou não, é um grande benefício para a natureza, ter ao seu lado criadores lutando contra a extinção de sua espécie, manejando adequadamente as criações e possibilitando melhoras genéticas.

Ou seja, a prevenção provavelmente não é o foco da criação, mas ajuda.

Curió


Nome popular: Curió
Nome científico:Oryzoborus Angolensis
O IBAMA adotou o nome científico: Sporophila angolensis.
É conhecido também como avinhado e papa-arroz.

Tico Tico:

Nome popular: Tico-Tico
Nome científico: Zonotrichia Capensis
É conhecido também como maria judia, salta caminho, jesus meu deus, titiquinha, ticão, gitica, mariquita tio tio, tiquinho, toinho e piqui-meu-deus.

Trinca Fero


Nome popular: Trinca Ferro
Nome Científico: Saltator
É conhecido também como Bico-de-Ferro, Tempera Viola, Pipirão, Estevo, Papa-Banana, Titicão, Tia-Chica, Chama-Chico, João Velho e Pixarro.

Dicas para uma criação de Pássaros Brasileiros

  1. Nem comece, se seu foco for monetário. Não se esqueça que estamos falando de seres vivos, nenhum bicho merece ser maltratado de forma alguma para fins financeiros.
  2. Nunca, de maneira alguma, sob nenhuma hipótese, adquira pássaros contrabandeados, traficados, tirados de maneira errada de seu habitat. Se você ama os pássaros, não financie de forma alguma nenhum tipo de crime ambiental, pois cada ação, é um passo para a sobrevivência de uma espécie. 
  3. Cadastre-se no SISPASS, acesse o portal e navegue. Existe uma infinidade de informações lá que podem e com certeza serão uteis.
  4. Quando começar a criar, trate adequadamente dos pássaros. Pássaros filhotes são muito frágeis, portanto leve isso em consideração.
  5. Ensine os filhotes a cantar. No youtube você encontra uma vasta gama de sons. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário